Ir para o conteúdo
Início
/
Notícias
13-06-2022

Maria de Belém distinguida

 

Mesmo à distância, a homenagem à ex-ministra da Saúde, Maria de Belém Roseira, foi um momento especial, de reconhecimento e gratidão. Num discurso sentido, o Presidente do Conselho de Administração, Taveira Gomes, evocou a capacidade de visão, de decisão e também de  inovação que marcou o percurso de Maria Belém Roseira enquanto ministra da Saúde, momento que coincide com a criação desta que foi a primeira Unidade Local de Saúde do País.

“Por tudo o que representa para nós, por tudo o que lhe devemos, por tudo o que fez e continua a fazer, por continuar a ser quem é, por nos continuar a inspirar”, elogiou Taveira Gomes, surpreendendo a ex–ministra com a oferta da medalha de mérito da ULSM. Nesta Nova Humanidade “não devemos voltar as costas ao passado, mas pensar sobre ele”, sublinhou Taveira Gomes, no momento em que se dirigia a Maria de Belém, entregando-lhe a medalha de ouro, personalizada com o seu nome e rosto, nesta que foi a primeira vez que a instituição distinguiu uma personalidade.

Apesar da distância, e desta homenagem acontecer em versão on line, adiando para breve uma visita à ULSM, Maria de Belém mostrou-se visivelmente comovida e grata pelo gesto e pelas palavras que lhe foram dirigidas. “Um momento tão tocante, de apreço pela memória, neste País que cultiva pouco a memória, não me poderia deixar mais orgulhosa”, respondeu, agradecida e emocionada, afirmando o seu orgulho que, apesar do passar dos anos, mantém por esta instituição que “não se deixou ficar no passado, que continua pujante e sempre a fazer melhor, que não tem medo dos novos desafios, que avança sempre para novos projetos, novas respostas”. Na certeza de que o sucesso resulta das “pessoas que a dirigem e das pessoas que nela trabalham”, Maria de Belém lembrou que os recursos humanos são o “principal ativo da Saúde.


Partilhar:
ut et, Praesent efficitur. venenatis velit, dolor