Ir para o conteúdo
Início
/
Cidadão
/
Informações de Saúde

A Tuberculose

 

  • O que é a tuberculose?

A tuberculose é uma doença causada pelo Mycobacterium Tuberculosis, uma bactéria que se adquire por via inalatória. Geralmente a doença atinge os pulmões (tuberculose pulmonar), mas poderá atingir qualquer outro órgão (tuberculose extra-pulmonar).

É uma doença curável, que tem tratamento.

  • Como se transmite?

A transmissão faz-se por via aérea. Um doente com tuberculose das vias respiratórias emite bacilos para o ar quando tosse, espirra, fala ou canta.

Quando exposto em ambiente fechado a um doente com TB das vias respiratórias, os seus contactos vão inalar os bacilos que se encontram no ar e podem ficar infetados (infecção latente). Mas nem toda a gente exposta fica infectada, e nem toda a gente infectada fica doente.

Cerca de 10% das pessoas com tuberculose latente irão desenvolver tuberculose doença no decorrer das suas vidas, sendo esse risco maior nos dois primeiros anos após o contacto que originou a infecção.

A bactéria responsável pela tuberculose não se transmite através de contacto com artigos domésticos, como louça, talheres ou roupas.

  • Quais são os sintomas da tuberculose pulmonar?

Os doentes iniciam os sintomas de uma forma insidiosa, que frequentemente não valorizam. Tosse, inicialmente seca e depois com expetoração (por vezes com sangue), cansaço, falta de apetite, emagrecimento, suores noturnos e febre baixa de predomínio noturno são os sintomas mais comuns.

  • Como é feito o diagnóstico de tuberculose?

O diagnóstico de tuberculose doença é efetuado através da pesquisa de Mycobacterium Tuberculosis nos produtos orgânicos (expectoração, sangue e urina).

  • Como é feito o Rastreio de tuberculose pulmonar?

Para despistar doença é efetuada uma radiografia ao tórax e, possivelmente, é também realizada colheita de expectoração para pesquisa do Mycobacterium Tuberculosis. A prova tuberculínica (ou prova de Mantoux) e o teste IGRA (interferon-gama) poderão ser úteis para diagnosticar, após exclusão de doença ativa, os casos de tuberculose infecção latente.

  • Em que consiste o tratamento?

O tratamento farmacológico da tuberculose associa em regra quatro a cinco fármacos, consoante se trata de um primeiro tratamento ou de um retratamento, tomados diariamente, em regime de TOD (Toma Observada Directamente).

  • Como posso evitar o contágio da doença?

O uso de máscara pelo doente com tuberculose em fase bacilífera (contagiosa) é fundamental, assim como a adoção de estratégias permanentes de higienização e renovação do ar em espaços fechados, com arejamento e exposição aos raios UV dos compartimentos da habitação.

  • É possível prevenir a doença?

Sim. A vacinação com BCG, nos moldes definidos pela Direção Geral da Saúde (DGS), é aconselhada.
Perante a exposição a um doente com tuberculose, e enquadrando-se nos critérios definidos pela DGS, são seleccionados os contactos a rastrear. Nestes serão adotados os procedimentos para excluir doença e posteriormente a infecção latente.  Se detetados casos de tuberculose-doença, iniciam de imediato o seu tratamento.  Se detetados casos de tuberculose- infecção latente, serão eventualmente elegíveis para tratamento preventivo, de acordo com avaliação clínica individual.

 

Consulte mais informação aqui.

 

A equipa do Centro de Diagnóstico Pneumológico da ULSM, liderada pelo médico Neto Rodrigues (segundo da direita para a esquerda)

O Centro de Diagnóstico Pneumológico (CDP), integrado na ULSM, é o serviço responsável pela prevenção e tratamento da tuberculose, nas suas múltiplas formas. O seu âmbito de atuação estende-se a toda a população residente no concelho de Matosinhos.

A propósito deste dia e deste tema estivemos no Programa Consultório do Porto Canal.

Veja aqui


Partilhar:
mattis porta. Lorem massa facilisis velit, sem, risus quis,