Ir para o conteúdo
Início
/
Cidadão

Preparação em meio aquático para o parto

A Unidade Local de Saúde de Matosinhos (ULSM) começou a disponibilizar, em abril, aulas de preparação em meio aquático para o parto. Estas aulas decorrem na Piscina Municipal de Guifões e destinam-se a todas as grávidas/casais que estão a frequentar o curso de preparação para o parto e parentalidade no Serviço de Obstetrícia do Hospital Pedro Hispano e nas Unidades de Cuidados na Comunidade (UCC) do ACeS Matosinhos.

  • A preparação para o parto e parentalidade já tem uma experiência de largos anos na ULSM, com o projeto Bem-me-Quer. Com a preparação em meio aquático para o parto, podemos dizer que agora entramos num novo ciclo?

O projeto Bem-me-quer – Preparação para o Parto e Parentalidade tem como finalidade promover a vivência saudável da gravidez, parto e parentalidade, dando resposta a uma das necessidades de saúde identificadas no Plano Local de Saúde de Matosinhos. Este projeto tem como objetivos promover a aquisição de conhecimentos e de estratégias facilitadoras para que a grávida /casal assuma um papel ativo na gravidez e no trabalho de parto, contribuindo para uma experiência mais satisfatória.
Desde o desenho inicial que havia também a intenção de incluir a preparação para o parto realizada em meio aquático. É este passo que agora concretizamos, com a ULSM a continuar a inovar no acompanhamento das grávidas/casais grávidos que procuram os seus serviços para o seguimento da gravidez, mas também no momento do nascimento.

  • Esta inovação na preparação para a parentalidade vem dar uma nova dinâmica ao trabalho já desenvolvido?

Sim, uma evolução já há muito aguardada pelas enfermeiras especialistas em Saúde Materna, envolvidas neste projeto, e que vem complementar o trabalho já realizado. Pelas suas características específicas, a preparação em meio aquático para o parto permite aos futuros pais viver a experiência da gestação, trabalho de parto, e parto de forma mais consciente e gratificante.

  • Quais as vantagens da preparação em meio aquático face à abordagem mais “tradicional” (aulas no solo)?

Alguns dos efeitos físicos mais importantes da água na preparação pré natal são a flutuabilidade, a temperatura e o relaxamento, a pressão hidrostática, a consciencialização da respiração e do corpo.
O efeito relaxante da água quente promove a eliminação das sensações de tensão aumentando a produção de endorfinas, responsáveis pela diminuição da perceção de dor e promotoras da sensação de bem-estar e relaxamento. Essa sensação de bem-estar permite também uma melhor perceção dos movimentos do bebé, ao mesmo tempo que diminui a frequência cardíaca e a tensão arterial.
A pressão hidrostática em meio aquático proporciona à grávida uma sensação de conforto e proteção, bem como o aumento da coordenação de movimentos. Favorece ainda a diminuição da retenção venosa, produzindo um efeito preventivo contra as varizes e os edemas, pois o movimento na água melhora a circulação linfática contribuindo para drenar os líquidos acumulados.
Durante as aulas são praticados exercícios de flexibilidade, postura corporal, mobilidade da pelve, tonificação muscular, relaxamento, perceção do feto e consciencialização do corpo e da respiração.

  • Quais os objetivos dos exercícios realizados em meio aquático?

A imersão parcial em meio aquático recria um ambiente de microgravidade, do qual resulta uma sensação de leveza ainda mais notória na gravidez avançada. A imersão aumenta a flutuabilidade: quanto mais imerso estiver o corpo, maior será a força de impulsão da água pelo que será mais fácil praticar os exercícios. Dessa forma, a grávida poderá manter a sua autonomia e agilidade de movimentos, aliviar a carga nas articulações, tonificar os músculos e corrigir a postura, bem como diminuir as dores lombares e o risco de lesão durante o exercício. Ao mesmo tempo, os exercícios respiratórios em meio aquático permitem aumentar a capacidade respiratória (a expiração será mais intensa e a inspiração mais profunda, exercendo pressão contra a resistência da água).
Resumindo, podemos dizer que os objetivos dos exercícios praticados em meio aquático são: fornecer preparação física no período perinatal, aumentar a sensação de segurança do casal grávido, eliminar medos e angústias relacionados com a gravidez e o parto, promover a auto confiança/segurança, a consciencialização do corpo, a ligação da tríade mãe/pai/bebé e o bem-estar durante a gravidez.

  • Que condições são necessárias à realização destas aulas?

Estas aulas decorrem em grupo, constituídos no máximo por 10 grávidas/casais, numa piscina aquecida entre os 28ºC e os 32ºC, com duração aproximada de 45 minutos.
As aulas são gratuitas e vão decorrer uma vez por semana (um grupo à quarta-feira e outro à sexta-feira), na Piscina Municipal de Guifões, orientadas por enfermeiras especialistas em Saúde Materna e Obstetrícia com formação em Preparação Aquática Pré e Pós-Natal e aclimatização de bebés à água, certificada pela associação Aquanatal- Aquarius (Ostend, Bélgica). Este projeto resulta de uma parceria com a Matosinhos Sport e a Câmara Municipal de Matosinhos.

 

As Enfermeiras Especialistas em Saúde Materna e Obstetrícia: Conceição Santa-Martha, Clara Aires e Joana Varela,


Partilhar: