Ir para o conteúdo
Início
/
Cidadão

Centro de Ensaios Clínicos – investigação clínica na ULSM

Criado em 2014 com a missão de apoiar e promover a investigação clínica na Unidade Local de Saúde de Matosinhos, o Centro de Ensaios Clínicos, a funcionar no Hospital Pedro Hispano, resultou de um protocolo de colaboração com a Blueclinical, na sequência da publicação da Lei da Investigação Clínica, que se traduziu numa oportunidade de enquadramento para a dinamização desta atividade.
A Prof. Doutora Rosa Maria Príncipe, recém-nomeada coordenadora do CES, fala-nos sobre a atividade destes últimos anos e dos objetivos futuros.

  • O Centro de Ensaios Clínicos nasceu com o objetivo de dinamizar a investigação clínica na ULSM, tornando-a mais “profissionalizada”. Que balanço da atividade até agora desenvolvida?

O balanço é, sem dúvida, bastante positivo e promissor. Desde 2014, o crescimento tem sido muito significativo tanto do ponto de vista de quantidade de ensaios como de qualidade dos mesmos, crescimento que queremos continuar. A ULSM tem recursos físicos, humanos e organizacionais que lhe permitem crescer muito mais na área dos ensaios clínicos.

  • Quais os estudos clínicos que a ULSM desenvolve e/ou participa neste momento?

Neste momento temos cerca de 30 ensaios clínicos ativos e cerca de 15 estudos observacionais em diferentes áreas terapêuticas, nomeadamente diabetes, obesidade, AVC, Alzheimer, HIV… São estudos de diferentes fases desde fase II a IV. No entanto queremos muito desenvolver ensaios noutras áreas terapêuticas para envolvermos todos os profissionais que assim o desejem.

  •  Qual a importância estratégica que a investigação clínica tem para a ULSM?

Por um lado a investigação clínica permite que os utentes da ULSM tenham acesso a terapias inovadoras que possam responder às suas necessidades, por outro, poderá ser uma fonte de financiamento importante num momento em que o SNS se debate com tantos problemas orçamentais e a ULS continua a aspirar prestar um serviço de excelência à sua comunidade.
Já para os profissionais é mais um fator de envolvimento no desenvolvimento de medicamentos e dispositivos médicos que permite aumentar o seu conhecimento e formação.

  • Que áreas de investigação considera de maior interesse para a instituição, uma vez que como Unidade Local de Saúde caracteriza-se pela integração de cuidados hospitalares e cuidados de saúde primários?

Temos interesse em desenvolver todas as áreas que vão de encontro ao perfil de cuidados de saúde prestados pela ULSM, seja no âmbito hospitalar, seja nos Cuidados de Saúde Primários. Acreditamos que essa proximidade com os cuidados de saúde primários pode ser uma mais valia na capacidade de identificar doentes permitindo que estes tenham acesso a terapêuticas inovadoras.

  • Acaba de ser nomeada para a coordenação do Centro de Ensaios Clínicos, quais são os objetivos para o CEC?

Acima de tudo queremos aumentar o número de ensaios tanto nas áreas que já são de excelência no nosso Centro, como nas áreas terapêuticas que ainda estão a começar, mantendo sempre o rigor ético e cientifico pelo qual queremos que a ULS seja sempre reconhecida. Para tal o nosso Centro está a apostar na optimização dos recursos humanos e materiais dedicados aos EC, bem como na formação de todos os intervenientes, sejam profissionais sejam membros da comunidade em geral. No que se refere aos profissionais estamos a incentivar a formação especifica nesta área, e quanto à comunidade queremos aumentar o seu conhecimento relativamente ao que é um EC, de forma a que possam reconhecer as suas vantagens e reduzir o estigma que ainda envolve a palavra Ensaio Clínico.
Com tudo isto pretendemos tornar a ULSM um centro de referência nacional e internacional no que respeita à Investigação Clínica.

Prof Doutora Rosa Maria Príncipe, Coordenadora do Centro de Ensaios Clínicos

 

 


Partilhar: