Inicio
/
Notícias
Notícias
21-05-2018
Ministro da Saúde lamenta a perda do pai do SNS. O Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, manifesta o seu pesar pelo falecimento de António Duarte Arnaut, considerado o «pai do Serviço Nacional de Saúde». Neste momento, particularmente difícil, o governante apresenta as sentidas condolências à sua família sublinhando as qualidades pessoais, o mérito profissional, a participação ativa na vida pública e, sobretudo, o papel decisivo na criação do Serviço Nacional de Saúde (SNS), enquanto Ministro dos Assuntos Sociais, Saúde e Segurança Social. https://www.sns.gov.pt/noticias/2018/05/21/antonio-arnaut-1936-2018/

12-05-2018
Hoje é Dia Internacional do Enfermeiro! Parabéns a todos os nossos profissionais enfermeiros! Ficam aqui algumas caras vossas conhecidas...não conseguimos fotografar todos, mas sintam-se representados e homenageados neste dia...  

09-05-2018
A Unidade Local de Saúde de Matosinhos foi uma das instituições de saúde distinguida pelos resultados obtidos no projeto “STOP Infeção Hospitalar”. A conferência de apresentação de resultados do Desafio Gulbenkian - “STOP Infeção Hospitalar!” decorreu na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, contando com a presença na sessão de encerramento do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e da Presidente da Fundação, Isabel Mota. Também o ministro da Saúde, Adalberto Campo Fernandes, marcou presença nesta sessão, aproveitando a oportunidade para anunciar o alargamento deste projeto a cerca de 50 centros hospitalares do SNS e às entidades privadas e do sector social que queiram participar, tendo em conta os resultados encorajadores conquistados que traduzem uma descida para metade do número de infeções hospitalares. No final das intervenções, o Presidente da República entregou as placas de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido aos representantes das 12 instituições que se associaram a este Desafio da Gulbenkian. Um reconhecimento que o Presidente do CA, Victor Herdeiro, dedica a todos os profissionais da ULSM que se têm empenhado neste projeto e neste desafio de combate à infeção hospitalar, nomeadamente à equipa da CCIRA coordenada pela Dra. Isabel Neves.

26-04-2018
A Unidade Local de Saúde de Matosinhos, onde se integra o Hospital Pedro Hispano, é uma das instituições que desde a primeira hora apoia a Câmara de Matosinhos no protocolo que assinou com a Associação Dariacordar – Associação para a Recuperação do Desperdício, no combate ao desperdício alimentar. Logo após a assinatura do protocolo de colaboração para a concretização do Projeto Zero Desperdício no concelho, que aconteceu a 30 de janeiro, a ULSM foi um dos parceiros a aderir, disponibilizando, diariamente, cerca de 20 quilos de refeições que não são servidas na cantina hospitalar. Assim, desde fevereiro a ULSM já contribuiu com cerca de uma tonelada de refeições (cerca de 2000 refeições individuais) para a alimentação de várias famílias do concelho de Matosinhos, previamente sinalizadas como beneficiárias neste projeto, sendo que a distribuição é da responsabilidade da delegação local da Cruz Vermelha Portuguesa. Convém salientar que não se trata de sobras de comida, mas sim de refeições que nem chegaram a sair da cantina hospitalar, que não foram servidas, e que de outra forma seriam desaproveitadas. Nesse sentido, a dinamização deste projeto conta também com o empenho e colaboração dos Serviços Hoteleiros da ULSM e da empresa SUCH, que tem a concessão de alimentação hospitalar. Segundo dados da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura) todos os anos, os portugueses deitam para o lixo um milhão de toneladas de alimentos, ou seja, cada um desperdiça em média 132 quilos de comida por ano. Só as famílias desperdiçam 324 mil toneladas. E 17% da comida é deitada fora ainda antes de chegar aos consumidores. Um desperdício que no conjunto da União Europeia chega às 89 milhões de toneladas.