Início
/
Institucional
Institucional

MISSÃO, VISÃO E VALORES
MISSÃO
Identificar as necessidades em saúde da população da sua área de influência. Prestar um serviço global, integrado e personalizado, com acesso em tempo útil, de excelência técnica e científica ao longo do ciclo vital, criando um sentido de vinculação e confiança nos colaboradores e nos clientes.  
VISÃO
Excelência na prestação de cuidados de saúde integrados, assumindo-se como modelo de referência para outros prestadores de cuidados de saúde.  
VALORES
Valor primordial da vida e dignidade da pessoa humana, atitude de serviço, competência, eficiência, equidade, acessibilidade, integridade, qualidade e responsabilidade.
São atribuições da ULSM:
  • Prestar cuidados primários e continuados de saúde à população do concelho de Matosinhos;
  • Prestar cuidados diferenciados de saúde à população da área de influência da ULSM;
  • Assegurar as actividades de saúde pública e os meios necessários ao exercício das competências da autoridade de saúde no concelho de Matosinhos;
  • Participar no processo de formação contínua, pré e pós-graduada de profissionais do sector, prevendo a celebração de acordos com as entidades competentes.
 

LEGISLAÇÃO
Criação da Unidade Local de Saúde de Matosinhos  Decreto-Lei n.o 207/99 


Conselho Consultivo
O Conselho Consultivo é um órgão - em fase de constituição - que pretende estabelecer elos de ligação entre a Unidade Local de Saúde de Matosinhos e a comunidade que a rodeia. Foi nomeado para presidente do Conselho Consultivo da ULSM o Doutor Manuel Ferreira de Oliveira, presidente da Comissão Executiva da Galp Energia.   Despacho Conselho Fiscal  

Qualidade

Coordenadora: Dra. Maria Cabral

A Unidade Local de Saúde de Matosinhos (ULSM) assume a qualidade, consubstanciada na satisfação dos seus utentes, profissionais e restantes partes interessadas como valor fundamental. Foi a primeira instituição de saúde a ser certificada pela Norma ISO 9001 na globalidade dos seus serviços no Hospital Pedro Hispano e unidades dos Cuidados de Saúde Primários. O Sistema de Gestão da Qualidade implementado na ULSM é o resultado de uma decisão estratégica para ajudar a melhorar o seu desempenho global e proporcionar uma base sólida para iniciativas de desenvolvimento sustentável. Num ambiente cada vez mais dinâmico e complexo, satisfazer continuamente os requisitos e ter em consideração as necessidades e expectativas futuras, constitui um desafio constante para a ULSM. Na ULSM acreditamos que a Qualidade Clínica e Organizacional é um caminho para o sucesso, no qual contamos com a colaboração e o contributo de todos os que trabalham connosco para atingir e superar com eficácia um nível elevado de desempenho.
Princípios da Qualidade na ULSM
O Sistema de Gestão da Qualidade implementado na ULSM sustenta-se em princípios que constituem a base das normas ISO. Tal como preconizado na Norma de referência –ISO 9001:2008 a abordagem do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) incentiva a ULSM a analisar os requisitos dos clientes, a definir os processos que contribuem para a prestação de cuidados aceitável pelo cliente e a manter estes processos de controlo. O SGQ implementado permite o enquadramento certo para a melhoria contínua, de modo a incrementar a probabilidade de aumentar a satisfação dos clientes, e das outras partes interessadas, transmitindo confiança à organização e aos seus clientes quanto à sua capacidade para prestar cuidados que cumpram, de forma consistente, os respectivos requisitos. A abordagem do SGQ na ULSM compreende diversas etapas, entre as quais as seguintes:
  • Determinação das necessidades e expectativas dos clientes;
  • Estabelecimento da Política da Qualidade e dos Objectivos Institucionais;
  • Definição dos processos e responsabilidades necessárias para atingir os objectivos da qualidade;
  • Determinação e disponibilização dos recursos necessários;
  • Estabelecimento de métodos para medir a eficácia e a eficiência de cada processo;
  • Identificação dos meios de prevenção de não-conformidades e eliminação das suas causas;
  • Estabelecimento e aplicação de um processo para a melhoria contínua do Sistema de Gestão da Qualidade.
Percurso de Qualidade
  • 06.2000 – Início do Processo de Acreditação HQS do HPH
  • 1.2001 – Acreditação provisória HQS do HPH
  • 08.2002 – Acreditação total HQS do HPH
  • 09.2003 – Início do Processo de Acreditação dos CS
  • 10.2004 - Certificação ISO 9001:2000 - Lab. Anat. Pat.
  • 11.2004 - Certificação ISO 9001:2000 - Lab. Hemat.
  • 02.2005 – Re-acreditação HQS do HPH
  • 06.2006 – Acreditação HQS total dos CS
  • 11.2006 – Certificação ISO 9001:2000 – Esterilização
  • 09.2007 – Re-Certificação ISO 9001:2000 – Lab. Anat. Pat.
  • 09.2007 – Re-Certificação ISO 9001:2000 – Lab. Hemat.
  • 10.2008 – Certificação ISO 9001:2000 pela SGS do HPH
  • 09.2009 – Auditoria de Acompanhamento ISO 9001:2000 pela SGS do HPH
  • 11.2009 – Re-Certificação ISO 9001:2008 – Esterilização
  • 06.2010 – Auditoria de Acompanhamento ISO 9001:2008 pela SGS do HPH
  • 08.2011 – Renovação da Certificação ISO 9001:2008 pela SGS do HPH
  • 11.2011 - Auditoria 1ª Fase ISO 9001:2008 pela SGS no Agrupamento Centros de Saúde de Matosinhos (ACESM)
  • 5.2012 - Auditoria de Acompanhamento ISO 9001:2008 pela SGS do HPH, extensão da certificação ao ACESM e Unidade de Convalescença
  • 9.2012 – Certificação ISO 9001: 2008 pela SGS da ULSM, no Hospital Pedro Hispano, Unidade de Convalescença e Agrupamento dos Centros de Saúde de Matosinhos
  • 5.2013 – Auditoria de acompanhamento da Certificação ISO 9001: 2008 da ULSM, no Hospital Pedro Hispano, Unidade de Convalescença e Agrupamento dos Centros de Saúde de Matosinhos
  • 5.2014 – Auditoria de renovação da certificação- ISO 9001:2008 pela SGS da ULSM
  • 5.2015 – Auditoria de acompanhamento da Certificação ISO 9001: 2008 da ULSM, no Hospital Pedro Hispano e Agrupamento dos Centros de Saúde de Matosinhos
  • 5.2016 - Auditoria de acompanhamento da Certificação ISO 9001: 2008 da ULSM, no Hospital Pedro Hispano e Agrupamento dos Centros de Saúde de Matosinhos
  • 5.2017 – Renovação da Certificação e transição para a ISO 9001:2015, no Hospital Pedro Hispano e Agrupamento dos Centros de Saúde de Matosinhos.
Certificado. Consulte aqui
Avaliação de satisfação dos nossos utentes
Consulte aqui o último relatório de avaliação da satisfação dos utentes.  
Contactos
Telefone: 22 9391160  


Desde há uma década e não como fruto de um mero acaso, ou de experiências de circunstância, a Unidade Local de Saúde de Matosinhos (ULSM) tem marcado, de forma pioneira, a gestão integrada dos Cuidados de Saúde, na sua multiplicidade. Com a implantação deste modelo mudaram conceitos e mentalidades, quer dos grupos profissionais, que no quotidiano dão o seu melhor, quer dos utentes, cujos índices de satisfação - recentemente conhecidos - nos levam a equacionar novos patamares de evolução.
Pioneira e precursora, a ULSM absorve hoje a que é a grande Reforma dos Cuidados Primários de Saúde, não só com novas siglas, organismos e procedimentos, que compuseram, na prática, o trajecto que esta instituição foi cerzindo ao longo dos anos, mas com a realidade do nosso quotidiano.

Vivemos uma etapa consolidada, mas igualmente - e fruto do tempo adverso que o país atravessa - um momento de procura constante de equilíbrio e harmonia entre os direitos dos utentes e o espírito com que nasceu o Serviço Nacional de Saúde e a forma de manter todo o ânimo e profissionalismo entre os diversos grupos que aqui prestam o seu trabalho.

Queremos fazer a simbiose entre cuidados de qualidade, por um lado, e realização profissional, por outro. Tudo num quadro de contenção, mas a que não falta o essencial!

Da consulta no centro de saúde, à observação e diagnóstico hospitalar, do imenso trabalho das equipas domiciliárias, do apoio e intercâmbio com a autarquia, escolas e organismos da sociedade, a ULSM tem feito um caminho de integração e identidade entre a saúde e as realidades sócio-culturais do concelho.

Hoje, temos uma noção clara do papel das novas e modernas tecnologias, colocando-as ao serviço da Saúde, da informação à comunidade, até ao papel que uma imensa rede virtual pode alcançar, no contexto da comunicação e dos procedimentos entre profissionais, que compõem a realidade desta nossa ULSM.

Todas as épocas e em particular as de maior constrangimento financeiro têm o condão inato de despertar oportunidades e procurar a excelência. A criatividade está, de facto, no nosso ADN. Encontrámos soluções de comunicação interna e abrimos a grande janela global, que hoje é a nossa página na Web, onde respiramos o que somos e mostramos um trabalho visível, tangível, mensurável.

Temos mais e melhor saúde! E o aperfeiçoamento das técnicas informáticas, que permitem a comunicação intra e extra ULSM, são concebidas através de fórmulas simples de agilização de procedimentos, simplificando o dia-a-dia.

É fácil imaginar a evolução que acontece quando, no telemóvel de cada utente, surge agora a informação sobre a data da consulta que aguarda, numa lógica que precede e faz adivinhar o nosso caminho futuro.

E se o passado tem a marca do pioneirismo, o presente revela a mesma interacção entre qualidade dos Cuidados de Saúde prestados e a vanguarda onde assenta, para todos os efeitos, a capacidade de esta equipa ambicionar mais e melhor.

Seja no conforto da Consulta Externa hospitalar, na melhoria das instalações em geral, na evolução ímpar da nossa Cirurgia de Ambulatório, no renovado Hospital de Dia e nos índices que vamos impulsionar para que a saúde, tal como o imenso mar deste concelho, seja horizonte acrescido da nossa actuação.

Estamos conscientes do ponto de partida, cientes da plataforma de chegada, de modo a fazer, de facto, da saúde um bem perene, em Matosinhos.

Por norma, as promessas têm laivos de desconfiança. Por isso não entram no nosso vocabulário. Faremos e daremos o melhor, cientes da existência de toda uma comunidade alargada, que se habituou a confiar em nós e com a consciência que temos todos de ajustar comportamentos, em prol das actuais e futuras gerações.

A história mostra-nos que, da conduta de cada um, depende o destino de todos!

E o destino é, para nós, o melhor que puder estar ao nosso alcance!

Viva com saúde!

Victor Herdeiro


Corporate Governance
Na corporate governance estão elencados os direitos e as responsabilidades dos diferentes intervenientes na instituição e estão consubstanciados em diferentes documentos.  
Relatório e Contas
Auditoria Interna
 
Plano de Atividades
  • A Unidade Local de Saúde de Matosinhos estabeleceu metas estratégicas para levar a cabo no Plano de Atividades.
Contrato Programa
  • Com a Administração Regional de Saúde do Norte foi estabelecido o Contrato Programa.
Relatório do Governo Societário
Relatório de Acesso
  • As entidades prestadoras de cuidados de saúde devem publicar e divulgar, até 31 de março de cada ano, um relatório circunstanciado sobre o acesso aos cuidados que prestam. Consulte o nosso.
Regulamento Interno
Estatutos
Código de Conduta Ética
  • O Código de Conduta Ética reflete os valores fundamentais e os princípios estruturantes que devem ser adotados pelos profissionais da ULSM, e clarifica as normas de conduta que os mesmos devem prosseguir nas suas relações profissionais, bem como nas relações estabelecidas com terceiros, nomeadamente com utentes e profissionais.
Código de Conduta do Gestor Público
  • Com o objetivo de valorizar o exercício de cargos públicos e aumentar a confiança dos cidadãos nas instituições públicas, o Governo considerou importante definir expressamente padrões claros e rigorosos, prevenindo desse modo qualquer suspeição de conduta indevida e contribuindo para a transparência na formação e tomada de decisão dos detentores de cargos públicos. Consulte o nosso Código.
 
Prevenção de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas
 
Política de Segurança da Informação
  • A informação e respetivos repositórios são ativos relevantes e críticos para a ULSM e para o Serviço Nacional da Saúde (SNS) em geral. A Segurança da Informação é a proteção de informação de um amplo conjunto de ameaças através de um processo de gestão de riscos, garantindo a continuidade de negócio e maximizando o retorno em investimentos efetuados. A Política de Segurança da Informação tem como finalidade primordial definir os princípios orientadores para todas as atividades relacionadas com a Segurança da Informação na ULSM.
Igualdade de Género
  • Para dar resposta aos objetivos previstos nos Planos Nacionais para a Igualdade e às determinações do Conselho de Ministros, foi elaborado o Plano para a Igualdade de Género, o qual pretende ser uma referência para a sedimentação da perspetiva de género nos vários domínios dos serviços da ULSM a nível da gestão de recursos humanos, da divulgação de informação e aplicação das boas práticas tendentes a dar continuidade à igualdade de tratamento e de oportunidades entre homens e mulheres. Deste plano é, consequentemente, feito um diagnóstico.
Comunicação de Irregularidades
  • A comunicação de factos com indícios de irregularidades, nos termos do número 2 do Regulamento de Comunicação Interna de Irregularidades, deve ser efetuada por escrito, através de carta ou e-mail, dirigidas ao Auditor Interno para os seguintes endereços:
    • Endereço de e-mail: auditoria.interna@ulsm.min-saude.pt
    • Endereço postal: Rua Dr. Eduardo Torres – 4464-513 Senhora da Hora
Incompatibilidades
  • Declaração de Inexistência de Incompatibilidades - artigo 4.º do Decreto-lei n.º 14/2014, de 22 de janeiro. Os dados recolhidos destinam-se à gestão dos processos relativos ao regime jurídico das incompatibilidades dos membros das comissões, de grupos de trabalho, de júris de procedimentos pré contratuais, e consultores que apoiam os respetivos júris, ou que participam na escolha, avaliação, emissão de normas e orientações de caráter clínico, elaboração de formulários, nas áreas do medicamento.
Qualidade e Segurança
Sustentabilidade na ULSM
  • A sustentabilidade é enquadrada na estratégia e políticas adotadas por parte da ULSM, sendo as questões ambientais, sociais e relativas aos trabalhadores, à igualdade entre mulheres e homens, à não discriminação, ao respeito dos direitos humanos, ao combate à corrupção e às tentativas de suborno integradas na cadeia de valor da Instituição. Os temas identificados no Relatório de Sustentabilidade, a saber: "Sustentabilidade Financeira”, “Relação com os colaboradores”, “Ética e transparência”, “Política da Qualidade”, “Ecoeficiência”, “Investigação e Formação Contínua”, “Tecnologias de Informação e Comunicação”, foram considerados como sendo materiais no seio da ULSM. No que respeita ao tema “Envolvimento com a comunidade”, o impacto na ULSM deriva desde logo da sua Missão.
 

Apoios- Financiamentos

 

Conselho Fiscal
Por despacho conjunto dos secretários de Estado da Saúde e do Tesouro, e nos termos do disposto no art. 15º dos estatutos das Unidades Locais de Saúde, EPE, foram nomeados para integrar o Conselho Fiscal, no triénio 2018-2020, com efeitos a 1 de janeiro de 2018, as seguintes personalidades:
  • Presidente do Conselho Fiscal: Dr. Jorge Manuel Pereira Nina
  • Vogal Efetivo: Dra. Maria Gorete Gonçalves Fernandes Rato
  • Vogal Efetivo: Dra. Fernanda Maria Mouro Pereira
  • Vogal Suplente: Dr. Serafim dos Anjos Aguiar Fernandes